Bullying pode ter consequências trágicas

O que fica na cabeça de uma criança que sofre bullying durante a vida escolar? Que tipo de lembranças essa criança guarda? Será que ela nunca teve vontade de reagir? Se pudesse voltar no tempo e fazer tudo diferente, como ela teria agido? Esta manhã, tivemos o que parece ter sido um exemplo bastante trágico.

É claro que, na maioria dos casos, a vida segue, a criança cresce, amadurece, enfrenta aqueles traumas, as coisas melhoram e ela passa a ter uma vida feliz e saudável. Esquecer, ela não esquece. Cada humilhação, na maioria das vezes, tem seu lugarzinho guardado na cabeça daqueles homens e mulheres, como uma ferida que já não dói tão intensamente, mas insiste em não fechar.

Especialista Ilana Casoy afirma que Wellington poderia ter sofrido bullying na escola.

Durante a edição desta tarde do Jornal Hoje, a especialista Ilana Casoy afirmou que o perfil do assassino Wellington Oliveira, 24, atirador que matou onze crianças e feriu outras tantas esta manhã na Escola Municipal Tasso da Silveira, no Rio de Janeiro, é o de uma possível vítima de bullying. Como Wellington era ex-aluno, o atentado pode ter sido motivado, juntamente a outros fatores, por uma revolta muito grande contra esses momentos de exclusão/humilhação que outrora passou na escola.

É importante entender que não afirmo que o assassino foi vítima de bullying, e tampouco justifico a chacina com esta possibilidade. O crime foi horrível e injustificável.

Faça a sua parte! Pare com a violência!

Apenas acho que é interessante refletirmos. O bullying é capaz de provocar atitudes terríveis como esta. Vamos, mais uma vez, deixar o futuro nas mãos das vítimas? Ou vamos acordar e agir para que esse tipo de trauma não deixe mais marcas em nossas crianças e jovens? Faça a sua escolha. A minha está feita.

Anúncios

Sobre alvarodyogo

Jornalista, ator e questionador. Ainda tentando compreender o impacto e o poder da comunicação na sociedade. Gostaria de poder ser como Peter Pan. Crescer é deveras chato.
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

4 respostas para Bullying pode ter consequências trágicas

  1. GILMAR disse:

    E ISSO AI ALVARO, COLOCANDO EM PRATICA SEU DONS PARABÉNS !!!

  2. Miguel disse:

    Realmente muito interessante!
    Gostei muito tanto dessa postagem quanto do blog.
    Está sendo feita uma campanha na minha escola para parar o bullying, pois eu tenho duas colegas deficientes (uma é física e a outra é auditiva) e sempre tem os “terroristas” que só servem para por um medinho nelas e ficar tirando uma com a cara delas.
    Graças a Deus essa campanha está dando certo!

  3. Maria Clara disse:

    Parabéns Álvaro pela iniciativa. As pessoas precisam mesmo entender o quanto isso pode afetar a vida delas e tratar o caso, sim, com mais severidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s